Notícias

Dois suspeitos de favorecimento a prostituição são presos pela Polícia Civil no Extremo Norte do Estado

09/06/2019 - Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Uma ação de combate à criminalidade deflagrada por policiais civis da Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguatins, na tarde deste domingo (9), resultou nas prisões de dois indivíduos suspeitos de favorecimento à prostituição ou outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente.

Conforme a delegada Daniela Caldas, a ação foi deflagrada depois que a Polícia Civil recebeu denúncia de que uma adolescente estaria trabalhando em um estabelecimento conhecido, sendo forçada a se prostituir. Desse modo, os policiais civis foram até ao local e, após a realização de buscas no estabelecimento, a adolescente de 14 anos foi encontrada escondida em um dos quartos utilizado para atendimento a clientes.

Após a constatação de que os fatos denunciados condiziam com a realidade, o responsável por gerenciar o estabelecimento, S.S.V, de 35 anos, e o responsável por aliciar a adolescente, N.R.O, de 18 anos de idade, foram presos e encaminhados à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguatins, onde foram autuados em flagrante. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, os dois indivíduos forram recolhidos à carceragem da Cadeia Pública local, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.  

A delegada Daniela Caldas ressalta que o crime pelo qual os autores foram presos em flagrante é considerado hediondo, tendo pena máxima de 10 anos de reclusão.  A autoridade policial informou ainda que também comete o crime aquele que pratica conjunção carnal ou outro ato libidinoso com alguém menor de 18 anos e maior de 14 anos na situação de prostituição ou exploração sexual e que a investigação permanecerá com o fim de obter a identificação de possíveis autores.

O Conselho Tutelar de Augustinópolis foi acionado e encaminhou a adolescente aos responsáveis legais.