Notícias

Polícia Civil cumpre mandado de internação de indivíduo suspeito de praticar crime de estupro no interior do Estado

14/10/2020 - Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Policiais Civis da 78ª Delegacia de Polícia de Aparecida do Rio Negro, coordenados pelo delegado Fabrício Piassi Costa, deram cumprimento na manhã desta quarta-feira, 14, a mandado de busca, apreensão e internação de um indivíduo de 18 anos de idade. Ele é suspeito da prática de ato infracional análogo ao delito de estupro, crime previsto no art. 213 do Código Penal Brasileiro.

 

De acordo com a autoridade policial, o indivíduo, que já tem passagem pela polícia pela prática de diversos atos infracionais, inclusive estupro de vulnerável, descumpriu medidas socioeducativas impostas judicialmente, motivo pelo qual houve a regressão das medidas aplicadas, com a determinação de sua internação.

 

Após intensas investigações, os policiais civis da delegacia da 78ª DP de Aparecida do Rio Negro localizaram o indivíduo trabalhando em uma Fazenda na Zona Rural daquele município, sendo então apreendido. Realizados os procedimentos de praxe, o indivíduo foi submetido ao exame de lesões e encaminhado ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Palmas, onde ficará à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Novo Acordo.

 

O delegado Fabrício destaca que a apreensão do jovem representa mais paz e tranquilidade para a população local, uma vez que o suspeito também está sendo investigado pela suspeita de ter praticado um crime de estupro de vulnerável nas imediações de Aparecida do Rio Negro.

 

O Crime

 

Conforme o apurado pela Polícia Civil, o indivíduo, no ano de 2018, teria abusado sexualmente de uma senhora de 62 anos de idade, tendo fugido em seguida. Após a prática do ato infracional, o então menor de idade, foi localizado e apreendido. Noo entanto, descumpriu as medidas judiciais e teve a regressão de regime decretada pelo juízo da Comarca de Novo Acordo.