Instituto de Identificação

Emissão de Carteira de Identidade

Órgão emissor: Instituto de Identificação – Superintendência da Polícia Científica

Dirija-se ao Instituto de Identificação mais próximo para:

 

1ª via da Carteira de Identidade

  • Documentos necessários no ato da requisição:
    - Certidão de nascimento, se solteiro(a) ou de casamento, se casado(a) / divorciado(a) / separado(a) judicialmente ou viúvo(a); original e cópia;
    - Certidão de nascimento transcrita para o livro E, se filhos de brasileiros nascidos no exterior e menor de 18 anos;
    - O brasileiro naturalizado apresentará o ato de naturalização publicado no Diário Oficial da União;
    - O português beneficiado pelo disposto no § 1º do art. 12 da Constituição fará prova da condição mediante a apresentação do ato de outorga de igualdade de direitos e obrigações civis e de gozo dos direitos políticos no Brasil publicado no Diário Oficial da União;
    - 2 fotos 3×4 recentes e iguais, com fundo branco, sem retoque digital e preferencialmente em traje formal;
    - Caso queira colocar o número do CPF ou do PIS no RG, deve apresentar o documento original ou cópia;
    - Caso queira que conste na Carteira de Identidade a expressão IDOSO(A), deverá ser requisitado por escrito, no ato do atendimento.
  • Filhos de brasileiros nascidos no exterior
    O translado de assento de nascimento poderá ser requerido a qualquer tempo. Filhos de brasileiros, nascidos no estrangeiro que venham a residir no Brasil, podem optar, a qualquer tempo, após atingir a maioridade, pela nacionalidade brasileira. A opção de nacionalidade está regulada no Art. 12, I, “b” a “c” da Constituição Federal.

 

2ª via da Carteira de Identidade

  • Documentos necessários no ato da requisição:
    Certidão de nascimento, se solteiro(a) ou de casamento, se casado(a) / divorciado(a) / separado(a) judicialmente ou viúvo(a); original e cópia;
    - Certidão de nascimento transcrita para o livro E, se filhos de brasileiros nascidos no exterior e menor de 18 anos;
    - O brasileiro naturalizado apresentará o ato de naturalização publicado no Diário Oficial da União;
    - O português beneficiado pelo disposto no § 1º do art. 12 da Constituição fará prova da condição mediante a apresentação do ato de outorga de igualdade de direitos e obrigações civis e de gozo dos direitos políticos no Brasil publicado no Diário Oficial da União;
    - 2 fotos 3×4 recentes e iguais, com fundo branco, sem retoque digital e preferencialmente em traje formal;
    - Caso queira colocar o número do CPF ou do PIS no RG, deve apresentar o documento original ou cópia;
    - Comprovante de pagamento (DARE) da taxa de emissão de segunda via, no valor de RS 25,00, que poderá ser emitida através do endereço: http://www.sefaz.to.gov.br/dare/servlet/hnetccwkda*.

*Passo a passo para emissão do boleto: Acesse o link www.sefaz.to.gov.br/dare/servlet/hnetccwkda em seguida clique para aparecer o campo e inserir seu CPF. Preencha o formulário com as informações solicitadas, acrescente o código da receita: 410- TAXA DOS ATOS DA POLÍCIA TÉCNICA; o subcódigo: 1.1.1.a e o período de referência, que corresponde ao mês da solicitação do boleto.  

 

  • Prazo para entrega
    - Capital
     - 10 dias úteis
    - Interior - 60 dias (em média)

 

IMPORTANTE

O Instituto de Identificação NÃO disponibiliza informações sobre dados civis e/ou criminais por telefone.